Artigo “A Presidência e as Estratégias dos Pequenos Estados: O caso português nas relações UE-África”

04/30/2021

R:I - Relações Internacionais

Instituto Português de Relações Internacionais
Dezembro 2020 | No. 68

Palavras-Chave:

Portugal, União Europeia, presidências do Conselho, África.

Abstract

O presente artigo parte de um enten dimento da Presidência rotativa da União Europeia (ue) enquanto via de influência de especial importância para os Estados-Membros de menor dimensão. O enfoque empírico é no papel de Portugal nas relações ue- -África, enquadrando a Presidência no leque mais amplo das estratégias de influências adotadas pelas autoridades portuguesas neste domínio da ação externa europeia. Assim, o uso da Pre‑ sidência semestral é examinado para‑ lelamente a outras estratégias como o multilateralismo, a priorização e espe‑ cialização, bem como a participação em coligações. Além de contribuir para um melhor conhecimento e compreen‑ são do que tem sido o envolvimento português nas relações ue-África, este estudo ajuda a ponderar a possível relevância de futuras presidências portuguesas neste domínio, tendo em conta as importantes implicações que o Tratado de Lisboa teve para a Presidência em matéria de política externa.

Catarina Magalhães

http://cicp.eeg.uminho.pt/wp-content/uploads/2020/05/cicpumuefct_en-768x60.png

CICP – University of Minho Research Centre in Political Science | All rights reserved © 2024